08/03/2010

Capítulo 16 – Atrás da porta

O relógio marcava 21:00 horas. Estava ficando tarde e Sophie precisava ir para casa. Sem que esperássemos, Pierre e Luna chegaram ao moinho. Quando ele percebeu que Sophie estava lá fez uma careta e me pediu explicações. Contei como tudo havia acontecido principalmente a parte que a minha vida e a dos meus amigos estava escrita naquele livro. Pierre também ficou sem entender o que estava acontecendo, como o restante de nós.

Contei a ele como o capítulo anterior tinha acabado. Podíamos estar diante de uma grande descoberta que poderia revolucionar o mundo, mas lembramos que morávamos em um bairro carente da França, que ter dinheiro não era a principal característica daquele lugar e que muito menos algo extraordinário poderia acontecer. Sempre pessimistas, fomos pegos mais uma vez pelo drible do destino. Ou não.

Continuei a leitura em voz alta para que todos escutassem. O capítulo descrevia minuciosamente o moinho, porém com detalhes magnânimos. Havia uma porta escondida em algum lugar dele que dava para um grande corredor, frio e escuro como contava o livro. No fim desse corredor havia outra porta, cuja chave estava dentro de uma caixa de areia. O problema era que não havia luz em todo o trajeto.

Bernad e Marcus chegavam lá e passaram horas procurando a chave. Marttha e Laryssa, a namorada de Marcus, também estavam lá. Alguns longos minutos depois de chegarem, Marttha encontrou a chave na caixa de areia. Abriram a porta e havia por detrás dela um quarto não muito grande e úmido. No centro do quarto resíduos que denunciavam que uma fogueira havia sido acesa e um baú estava no centro dela.

O capítulo terminava quando Bernad abria o baú e encontrava mais uma chave. Nela estava escrito: “Chave da felicidade”.


Reveja:
Capítulo 1
Capítulo 2
Capítulo 3
Capítulo 4
Capítulo 5
Capítulo 6
Capítulo 7
Capítulo 8
Capítulo 9
Capítulo 10
Capítulo 11
Capítulo 12
Capítulo 13
Capítulo 14
Capítulo 16
Capítulo 17
Capítulo 18
Capítulo 19



Voltei com esse conto. Tou sem tempo saco pra escrever o Amor Suicida. Espero continuar com ele em Breve, por enquanto, vou postar esse conto antigo, mas que eu havia parado de publicálo. Só vai ficar aqui até amanhã, portanto, aproveitem, rs!
Segundona, volta as aulas, volta a rotina e Dourado volta do paredão mais uma vez, rs! aushahsauhshasha
Ah, gostaram do lay novo? Eu gostei.. vlw ae Jamylle pelo template.
Se cuidem-se, fiquem com Deus.

7 comentários:

Mone Laudelino disse...

Ei James... é q ultimamente minha vida ta uma correria... volta as aulas na faculdade, muito trabalho... entre outras coisas.. ai ja viu ne!
Mas sempre q posso to comentando....

Bjinhos..

Tiêgo disse...

Você acredita que eu li quase todos os capítulos? De tão curioso que fiquei! Nossa, muito envolvente, tá na hora de publicá-lo como livro mesmo! Minino, ô talento pra escrever, hein? Hehe.

Ah, e quase morri quando vi que você tinha me linkado! OMG, que moral, hein, James? HAHA!

Ah, e sobre o Blorkutando, imagina só o sonho de meses se concretizar na última semana do ano? Quase morri quando vi que tinha levado o ouro! Fiquei megafeliz, mesmo! Por isso sei o que você tá sentindo. Só falta ser destaque pra você surtar de vez! hahaha

Abraço :)

T. disse...

Nossa, perdoe-me o sumiço! Adoro sua presença lá no blog e desapareço aqui. ¬¬' Desculpa, esses dias corri pra caramba... Escola, provas, inglês, basquete... x_x' Anyway, voltei e espero não sumir mais. ;)'

E eu adorei o capítulo. *-*' Muito bem escrito, envolvente, desperta a curiosidade... Eu curti, hm? ;)'

Jéssica Trabuco disse...

Vou ler esse conto do começo.. porque tô meio perdida... mas pelo que vi é bom!
^^
Segunda-feira é o pior dia da semana u.U
Mas forçaa aí, porque ainda temos mais quatro dias! E vamo que vamo \\o

Babizinha disse...

Assim como a Jéssica fiquei perdida por pegar "o bonde andando", porém creio que já entendi antes mesmo de ler os capítulos anteriores. Uma "chave da felicidade"... Se existisse eu queria uma!

Beijos!
;*

Bruna Bianconi disse...

Muito envolvente, quero um tempo pra ler os outros cap., parece ser uma ótima história.

Gostei muito do lay :)

Beijos

Milla Vieira disse...

Teeeu livroo é ótimoo . tôo facinadaa !
Queroo saber logo o finaal .
Publicaa ele quee concertezaa eu voou comprar !
Beeeijos . tôo amandoo teu bloog !
Ficaa com Deus !