07/09/2009

Capítulo 7 - Na Biblioteca

Fui a biblioteca fazer a devolução do livro que eu pegara. Era um casebre velho e meio abandonado que ficava ao lado da Escola Secundária de Clichy. A bibliotecária se chamava Mary e já estava bem familiarizada com a minha presença lá. Me cumprimentou e foi dizendo que havia chegado livros novos, todos doados de uma antiga universidade. Livros do departamento de letras, a maioria ficção e escritos pelos professores e alguns alunos. Me interessei e fui dar uma olhada nos novos livros. Meus olhos brilhavam ao contemplar cada capa, cada título, cada história que eu poderia desvendar ao comer e saborear cada uma daquelas páginas que se abriam diante de mim. Um livro em particular me chamou atenção. Não pelo título, mas sim pelo desenho na capa. O nome do livro era “Caçadores de Histórias” e tinha na capa a figura de um moinho. A semelhança com o “meu” moinho era grotesca. Isso me fez levar o livro pra casa. Eu olhava fixamente aquela capa e imaginava o que poderia me levar a descobrir naquelas folhas, amareladas e um pouco empoeiradas, daquele livro. Mary me contou que, uma meia hora antes de eu chegar à biblioteca, Sophie tinha passado lá, observado quem estava no ambiente. “ - Acho que ela não encontrou quem procurava e foi embora”, disse Mary ao mesmo ritmo que meu coração acelerava as suas batidas. Será que Sophie tinha ido me procurar? Será que Sophie sentia o mesmo que eu sentia por ela? Comecei a suar. Mary perguntou se eu estava bem, disse sim com a cabeça e saí de lá. O mundo não exista mais, estava preso em meus pensamentos, na esperança de conquista-la, nos planos que tinha feito ao lado dela, no medo de tudo ser somente coincidência, na possibilidade de ela ter ido procurar outra pessoa, um outro rapaz. Esse ultimo pensamento me deu calafrios. No meio de tantos pensamentos, cheguei em casa. Abri a porta. Ouvi um barulho vindo do quarto do meu pai. As luzes estavam acesas, algo incomum naquele horário. Ouvia gemidos de mulher. Fui ao quarto ver o que estava acontecendo. Foi então que tive uma das maiores decepções da minha vida. Reveja: Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 Capítulo 4 Capítulo 5 Capítulo 6 Colunista: James Pimentel :D

3 comentários:

John Rômulo disse...

Ai meu Deus! gostei mesmo! li os capitos anteriores tbm!

parabéns ! muito bom !

Agora estou de volta ao blog ! www.johnrmulo.blogspot.com

Luan Fernando disse...

Nossa! Já estou com um pensamento em mente sobre o quê aconteceu...

Benigno Júnior disse...

bixin , num diz q é oq eu tó pençando ?
num acredito , ou não qro acredita !
=/