13/12/2012

Suicídio


Sentou-se na cama. Com as mãos trêmulas sacou a arma que estava na gaveta da escrivaninha. Lembrou-se de todas as dores, mágoas e sorrisos perdidos por toda a vida. 

No rosto, as marcas do passado escorriam em lágrimas. 
Na mão, o futuro. 

Ouve-se o barulho de um tiro. 

Após longo momento, um suspiro.


Hoje participei de um minicurso sobre contos e fiquei inspirado. Curtiu? Então compartilha!

6 comentários:

Desventuras em Série disse...

Muito bom o texto, queria fazer parte de um minicurso de contos também muito bom. Até mais.
http://desventuras-em.blogspot.com.br/

Graziele Santos disse...

Triste, mas tão comum... Hoje é muito comum se deparar com notícias assim como descrito por 'você' Depoimentos de pessoas querendo tirar suas próprias vidas.

Amei aqui e estou te seguindo, e gostar, me segue também.

Um beijo, Graziele Santos
http://lamiaparticolare.blogspot.com

Diesley Sergio disse...

Ahhh Adorei o texto ,o blog ,o conteúdo ... Exatamente tuo aqui ,parabéns pelo blog PERFEITO <3

Diesley Sergio disse...

Ahhh Adorei o texto ,o blog ,o conteúdo ... Exatamente tuo aqui ,parabéns pelo blog PERFEITO <3

Nati disse...

Claro que curti... Tão pequeno, mas tão intenso, que me fez pensar um milhão de coisas, ainda mais ali na parte das dores, mágoas e sorrisos perdidos... Lindo, lindo! Beijos

Rick disse...

Simples e rápido. Porém legal.

"_"