23/09/2010

Idústria do sexo cresce juntamente com os males sexuais

A indústria do sexo vem crescendo rapidamente nos últimos anos e a facilidade de encontrar produtos desse ramo se intensifica. O setor de produtos eróticos registra um crescimento anual de 15% no Brasil e movimenta R$ 1 bilhão por ano, segundo a Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico (Abeme), criada em 2002.

Seja na internet, videolocadoras ou sexshop’s, a variedade de produtos é visível à medida que essa prática, até mesmo receitada para hipertensão, é mostrada de maneira explicita por tantos veículos. O que se vê hoje são pessoas esquecendo-se da prática e sendo cada vez mais expectadoras do sexo.

Cientistas que estudam os efeitos da pornografia encontram uma barreira para sua pesquisa: não encontraram um só homem que não tenha visto um filme pornô na vida. Os pesquisadores pretendiam comparar os comportamentos de alguém “virgem” desses produtos com os dos consumidores assíduos.


O estudo comprova que com 10 anos os meninos já começam a consumir esse tipo de "mercadoria". Com essa idade, poucos têm uma vida sexual ativa será?. A saída então é a famosa masturbação. Mas, ela é uma prática saudável?

O jovem B.S.*, 18, iniciou sua vida sexual com a masturbação por volta de 11 anos. “Me masturbava de acordo com o que se passava na minha cabeça, tipo imagens, vídeos, fotos, algo que lembre cenas ou situações que me excitavam”, conta.

O site Portal Power afirma que a masturbação pode ocasionar esgotamento cerebral, impotência sexual e ejaculação precoce, além da lesão por esforço repetitivo - LER. Portanto, uma indústria que cresce gradativamente pode estar se tornando crucial para alguns males sexuais.

*nome não divulgado por princípios morais

3 comentários:

Clara disse...

"O site Portal Power afirma que a masturbação pode ocasionar esgotamento cerebral, impotência sexual e ejaculação precoce, além da lesão por esforço repetitivo - LER. "

Sério? O__O
Sinceramente, não vejo razão pra esse interesse tão grande assim por sexo, principalmente da parte dos homens. O que acontece na televisão e na socieade é reflexo disso, na minha opinião. Parece que eles vivem pra isso ¬¬

Allan disse...

É claro que o ser humano precisa do sexo, sexo é importante e tem um propósito por ter sido criado, não só para a procriação mas também para um momento de prazer com quem amamos (ou pelo menos assim que deveria ser, acontece que nos dias atuais esse valor têm sido corrompido, até porque o estresse do dia a dia, a pressão que estamos vivendo faz o ser humano buscar esse tipo de situação, algo como uma válvula de escape e com isso a indústria vem se aproveitando e a prostituição também, é uma pena ver que estamos caminhando para a era babilônica outra vez, sexo é usado como um instrumento sujo
e não tem ligações com relações afetivas.

cara B.S. iniciou com 11 anos uma vida sexual, rápido, como a infância tem se perdido...

Masa disse...

"O site Portal Power afirma que a masturbação pode ocasionar esgotamento cerebral, impotência sexual e ejaculação precoce, além da lesão por esforço repetitivo - LER. "

Isso foi tão genérico quanto dizer que praticar exercício físico pode causar infarto. Sei lá, essa fonte foi qualquer coisa.