30/03/2014

A puta que precisamos ser.

Não é porque a chamam assim que ela realmente seja. Talvez os shorts curtos, blusas sem muito tecido, sapatos de salto altíssimos, boca suja de vocabulário vulgar, cabelos desleixados e jeito largado sejam mal interpretados. Além disso, elas são só pessoas que andam publicando fotos seminuas na internet, não respeitam o estado civil de homem algum e, muitas vezes, trabalham vendendo o corpo. Quando alguém é assim o diagnóstico sai na hora: é puta! Desse jeito, sem direito de defesa. Puta. E ponto final.

Foto: Lou-Anne (we love it)


Mas elas são um exemplo de vida, acredite. A puta sempre faz o que bem quer, sem se preocupar com o que os outros vão pensar. Pra puta não tem tempo ruim, a vida é agora e é agora que as coisas precisam acontecer. A puta nunca diz sim sem ter vontade e, quando diz não, é sem culpa. Elas não se prendem a nada, exceto aos seus princípios – julgados a todo o momento – e às pessoas que realmente amam – elas mesmas, em primeiro lugar.

Enquanto elas se divertem e são chamadas de puta, o resto da sociedade se preocupa em não fazer o que sente vontade por medo do julgamento do próximo, se martiriza a todo instante por não aproveitar a oportunidade que teve e, acima de tudo, perdem seus preciosos dias de vida se preocupando com a vida alheia. Os não-putos são estressados, não sabem o que significa lazer, andam longe de diversão, levam a vida muito a sério, não se amam e impedem que a vida lhes ame também.

Não adianta mentir, pois certamente você, leitor, já se sentiu assim. Aprenda: todo mundo precisa ter seu dia de puta. Hoje, ao escrever isso, foi o meu.

2 comentários:

cronistaamadora disse...

Adorei seu parecer sobre o assunto. Sim, já fui uma das pessoas incomodadas com a vida alheia, mas a gente não pode regrar o estilo de vida do outro, mas temos a obrigação de respeitar, mesmo que não queiramos conviver.
Respeito, algo que mesmo os mais finos adultos que se levam super a serio, precisam aprender.
Abraços.

Vertin Barros disse...

Aplauso pras putas, vivem a vida como deve ser.. Todos nós precisamos ter um lado puta