19/06/2012

Bipolaridades de Escritor

Cansei dessa coisa de escrever, sabe? Ficar horas na frente de um teclado, cabeça cheia de pensamentos resultando em um papel em branco; olhos vermelhos e ardentes, sem ânimo ou vida social. Sem esquecer, é claro, que ultimamente tenho vivido momentos felizes. Fiz tatuagem, coloquei pircing, deixei a vida de solteiro, me foquei no trabalho e hobbies que precisavam mais do meu tempo e disposição. Percebi que por causa desses momentos minha vontade de escrever passou. Percebi também que escrever era um escape para a minha tristeza, dor e ansiedade - todo texto tem algo de mim, não adianta negar. Não sentindo mais estes sentimentos ruins, toda a inspiração que me fazia escrever sumiu, assim, do nada, como se um dia meus dedos não foram responsáveis por escrever algo que nem eu acreditava ter saindo da minha cabeça. Meu papel continua em branco, mas minha mente agora tem investido o seu conteúdo em algo mais produtivo, mais humano, mais real; sem letras, frases ou pensamentos auto-suicidas. Fui liberto, enfim. Mas me pego aqui, nesse exato momento, escrevendo novamente. Se for um vício eu não sei, mas que me completa, ah.. isso sim!

4 comentários:

Allan Penteado disse...

kkk adorei o texto, acho que você sempre escreveu muito bem, mas você se prendia muito a contos e não acabava escrevendo sobre você, sobre sua vida, a escrita é sim uma válvula de escape, quando escrita em primeira pessoa deixando as palavras fluírem. Parabéns pelas conquistas e mudanças, caro irmão. Acabei me afastando também e vi como bom escrever por simples vontade e não como se sentisse obrigado! Abraço!

Bruna Araújo disse...

Adorei o blog, muito lindo, amei tudo. Parabéns mesmo, vou sempre estar aqui (:

ontendency.blogspot.com

Debbys disse...

opa!! pelo visto vc continua fazendo textos muito bons! Fiquei um pouco afastada nos últimos meses, mas é difícil demais abandonar o blog... hehehee.. não que eu tenha abandonado ele por querer né, mas a gente sente falta demais..
bjuss

Tiêgo R. Alencar disse...

No dia em que eu começar um texto por "cansei dessa coisa de escrever, sabe?", pode me internar na mesma hora porque ou eu estarei louco ou eu estarei retardado. hahahaha Você é o máximo, James. Não larga a escrita, não. Quando derem esses lapsos de vontade de se expressar pelas palavras, corre pro seu Cão! A gente agradece! hahaha

Abraço! Sinto sua falta por aqui!