30/06/2011

Já era tarde!


Passei a noite inteira virando de um lado para outro na cama e sempre os olhos azuis do Kadu apareciam na minha mente. Lembrei dele todos os dias na biblioteca, sentado na segunda mesa em baixo do ventilador, lendo um romance, sempre de camisa social e calça jeans. Os olhos dele acompanhavam a minha entrada constantemente e me encaravam por longos e eternos dois segundos, o que era suficiente para eu me apaixonar todos os dias por ele novamente.

Levantei antes do horário de costume e decidi que daquele dia não iria passar. Eu ia finalmente me declarar a ele, dizer o quanto o amo, que só vou à biblioteca porque sei que vou encontrá-lo lá e que os olhos dele são as coisas mais lindas desse mundo. Passei horas na frente do espelho me arrumando e quando finalmente me convenci que estava linda sai de casa.

Tinha que esperar até a hora do intervalo pra poder encontrá-lo. O ponteiro do relógio andava lentamente de propósito, só porque sabia que o grande dia havia chegado. Tocou a sirene. Saí correndo da sala rumo a biblioteca.

Ao entrar na biblioteca olhei a mesa da qual ele é acostumado sentar e estava vazia. Meu coração palpitou nesse momento. – Será que ele não veio pro colégio justo hoje? Foi o que pensei, mas decidi procurar por ele por todo o lugar. Andei por um longo corredor até chegar à seção final da biblioteca. Para a minha surpresa ele estava lá, porém, beijava uma garota que não era eu.

7 comentários:

Allan Penteado disse...

James é incrível sua criatividade olhando essa foto rsrsrs, nem preciso falar que o texto está ótimo, gosto do jeito que conduz as histórias, só gostaria de continuar lendo, se tivesse continuação! Abraços, Nós Atalaias gostaríamos de saber se você continuará no projeto! eu e o Italo vamos fazer modificações por lá!

Mari. disse...

Ahh, tadinha. O que será que vai acontecer? Esperarei ansiosa!

:)

Edy Santos disse...

Muito bom! Original! Gostei!
=D

Any disse...

aaaaah, tadinha da menina. fiquei com dó dela. é horrível se decepcionar dessa forma, né!?

Tempestade disse...

ahhh, ptz, essa menina tinha que aparecer justo hoje? rs

amei o texto.. bjokas


Nina

Julia disse...

Gostei da história! É aquela coisa...não podemos esperar demais para não perdermos a chance. Mas tbm, de qualquer forma, ele não a mava mesmo...
Enfim, gostei batante da forma que foi escrita. (:
:*

Ana Lu disse...

Ai! Essas situações são terríveis né? Eu teria vontade de cavar um buraco e me atirar..