03/09/2010

Mentira é fogo!

- Você soube da última?
- Não mulher, conta logo. (fala coçando as mãos, ansiosa)
- O Ken terminou com a Bárbara!
- Sério? Uau! Eles pareciam um casal tão apaixonado.
- É você sabe não é? Desde quando eu a vi abraçando o Jorge no portão da escola não pude deixar de avisá-lo. Foi batata! Agora se alguém perguntar se é verdade isso você confirma ok? Agora o Ken será só meu...

Não mentirás. É um dos mandamentos mais objetivos e claros entre os dez escritos na bíblia. Porém, mesmo sabendo que a mentira tem pernas curtas, pode-se afirmar com convicção que ela é um dos principais combustíveis que movem as pessoas. Para defesa ou mesmo para evitar situações mais drásticas, a mentira é vista como a saída mais rápida de um incêndio. Mas é fato de que onde há fogo sempre existirá fumaça. Assim é também com a mentira.

A situação fica desconfortável, você já não consegue olhar mais nos olhos das pessoas. Em todo instante a lembrança de uma inverdade atormenta a sua mente, sua língua coça para desabafar o que fez, mas como um raio, as conseqüências vêm à tona e o medo invade seus sentimentos. Temor. Angustia. Vergonha. São os três pilares que a mentira se sustenta.

Um toco de cigarro é suficiente para iniciar um grande incêndio. Um pequeno comentário falso pode virar a mais nova fofoca da escola e gente inocente pode sair desmoralizada. A inverdade de um advogado é o troféu para liberdade de um criminoso. Em todas as situações, a mentira é a arma de um covarde, assim determinado para pessoas que deixam de pensar no que pode acontecer com o próximo para se livrarem, ou mesmo se justificarem, do próprio erro cometido.


9 comentários:

@juusep disse...

Uma coisa bem pequena contada à alguém qualquer, logo se torna enorme e cheio de mentiras!

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

Muito bem, meu caro.

São exemplos simples e totalmente cabíveis com o assunto.

A verdade é que quem sempre faz o seu dever com dignidade, responsabilidade e sempre reconhece seus erros nunca precisará se esconder atrás de uma mentira.

Já se foi o tempo em que a mentira era tratada com total desprezo. Tudo fica apenas nos discursos.

Parabéns pelo texto e pelas verdades mostradas nele. Forte abraço!

- joanarocha disse...

- nao e depender do outro , é amá-lo acima de tudo .

Italo Stauffenberg disse...

e quem nunca mentiu?

e quem nunca se ferrou com uma mentira?

quero ver esse!

Abração.

Brunno Lopez disse...

Tem razão.
A mentira é uma verdade que não soube provar o seu ponto.

Obrigado pela visita. Vou seguir aqui.

Tiêgo disse...

Ai, mentir é uma coisa tão inevitável, não dá pra ficar sem contar nem umazinha, por mais pecado que seja. É tipo, segurar água com as mãos. Meio difícil, saca? hahahaha

Abraço :)

Clara disse...

É mesmo! Ficar refém da mentira é a pior coisa que existe... A verdade, além de mais bonita, é mais prática, pois por pior que seja, não deixa rastro e nem abre conseções à discórdia.

Eu, prticularmente não me considero mentirosa daquele tipo perigoso de prejudicaos outros, mas acho que mentir corriqueiramnte todo mundo mente.

Allan disse...

não aguento mais falar sobre mentira, kkk todo mundo escreveu pro Bk essa semana, então vou copiar o que escrevi no blog do Tiêgo:

"pra que mentir? é ridículo conheço gente que de mentir tanto pegou mania de mentir, mente até o que jantou! eu finjo que acredito e a pessoa pensa que eu acreditei!

tudo bem que muitas vezes precisamos omitir, mas mentir não é uma boa saída..."

Abraço James

Debbys disse...

ah, com certeza... essas mentiras que contam por ai podem acabar com a vida de pessoas que nada tem a ver com aquilo.. odeio.. x.x

bjusss