29/09/2010

Defasagem religiosa

Nesses últimos dias andei visitando algumas igrejas pentecostais da cidade e me deparei com a mesma realidade na maioria delas. As pessoas corriam atrás da UTI mais próxima: um milagre divino. Tudo bem que essas instituições são do mesmo segmento doutrinário, mas isso não justifica o modo em que retratam o evangelho que Jesus Cristo teve tanto trabalho para difundir.

Os "singles" mais tocados nas celebrações eram “receba hoje a sua vitória”, “Jesus Cristo já está operando milagres”, “receba tua cura nessa noite”, dentre outros; em nenhum momento ouve-se um “Jesus te ama” sequer!

Cura e libertação tornam-se pretexto para alguns pastores abusarem do poder milagroso e conquistarem cada vez mais pessoas, sabe-se lá pra quê. O fato que move a indignação desse artigo é que a verdadeira essência de Jesus Cristo foi deturpada e, hoje, as pessoas o buscam por aquilo que Ele pode oferecer e não por aquilo que Ele é.

Até mesmo alguns sacramentos da igreja estão sendo recheados de jogos de luz, grandes mesas de banquetes, fogos de artifício, entre outros utensílios que incrementam o ritual e o transformam em festa. Não que eu discorde com os métodos usados; porém, o espetáculo por si só já tomou toda a atenção dos participantes, e com o passar o tempo a essência dos sacramentos e do verdadeiro motivo de existir religião vão sendo perdidos.

Não que Jesus deixe de operar milagres. Mas o versículo que diz: "Buscai primeiro o reino dos céus e as demais coisas vos serão acrescentadas" justifica que, quando procurarmos a Jesus por Ele simplesmente ser o filho de Deus, a cura e libertação que muitos procuram virão sem que eles percebam. É promessa! Esse é o verdadeiro evangelho!

A foto é a capa da revista Época com a matéria "Deus é pop".

15 comentários:

M.B disse...

Concordo com td que você escreveu...Parabéns pelo texto resumiu bem o que acontece na maioria das igrejas hj em dia.

Rudson Aiko disse...

Realmente esse texto resume de fato o que estamos vivendo no mundo atual. As pessoas só querem a benção e não o abençoador. É triste saber...que lemos esse texto, mas continu"emos" a comete-lo a contradição.

Nathy disse...

Pois é...tem um programa que passa na Tv aqui, que eu fico abismada! O pastor que faz o programa, acha que é o próprio Deus sabe?! Gosta de chamar a atenção. Meio que usa Deus para ibope, o que muitos tem feito ultimamente. É triste... As pessoas realmente devem procurar Deus pelo o que ele é....mas creio que muitas delas podem ser tocadas pelo Espírito.

Beijos!

Bruna Trovão disse...

bom, eu sou de são paulo, por aqui tbm acontece um pouco disso tbm, mas a verdade é que se somos cristãos (seguidores de Cristo)não nos confundimos em meio a confusão! rs
pois sabemos claramente o que Deus espera de nós!
ler a bíblia é fundamental para isso!
bjo

Allan disse...

infelizmente Deus agora é pop. concordo com o que você falou, mas ás vezes as pessoas só vão a igreja por esse motivo mesmo... é triste... por isso a palavra de Deus também professa que o amor de muitos se esfriará... e mais o uma vez digo, estamos caminha para a volta dEle, por isso temos que ficar felizes :) adorei o Lay!! de muito bom gosto!

Clara disse...

IgrejaS pentencostais são mesmo assim, cheias de 'fogo', gritaria e espetáculo. Acho que quem frequenta igrejas são pessoas buscando uma luz, pois a vida não é fácil para a maioria. É difícil ir atrás apenas de algo relativamente duvidoso, como a vida eterna... Afinal de contas, estamos aqui e agora.

T. disse...

Concordo com suas palavras. Grande texto. ^^

Italo Stauffenberg disse...

Esse banner tá show! JESUS é pop pra mim, já pensou se não fosse? Boa matéria e que bom que pensas assim! O reino de Deus e sua justiça sempre em primeiro lugar, ademais, o Senhor a de nos dar o melhor!

Paz

Debbys disse...

Falou TUDO!!! com certeza as pessoas hoje em dia querem resultados imediatos e acabam procurando jesus apenas nos momentos que precisam, e se esquecem dos seus ensinamentos no dia-a-dia... isso é triste...

bjsss

Au disse...

Seu texto resume-se em: Mais Deus e menos religião.
O que me incomoda bastante é o fato de algumas pessoas acharem que Deus é surdo e gritam para fazer a oração!

Abraço!

Heitor Lima disse...

Concordei plenamente com tudo o que você disse. Especialmente em relação às canções cantadas nos cultos. Elas são tão egocentricas, né... Isso me deixa muito chateado às vezes.
Enfim, muito bom, seu blog, mano.
Vou seguir :D

Vi e Ouvi Por Ai disse...

Menino!!! tudo que vc disse é a pura verdade... Muita gente fala tanto em Deus e frequenta igrejas, mas não pratica nem metade do que falam, principalmente o "amor ao próximo"... vejo isso constantemente nas ruas, nos onibus... já vi muita gente lendo a biblía no ônibus lotado e nem se quer cedeu o lugar para um idoso ou ajudou alguma pessoa que estava com varias sacolas na mão... do que adianta ler de cabo a rabo a biblía se não entende bulhufas??? se não pratica??? Palavras são palavras que podem ser transformadas em atos, basta querer!!!

Grande beijo

Vivian

Jeniffer Yara disse...

Concordo com o que disse,muitas pessoas procuram igrejas,e e começam á ter uma vida religiosa,simplesmente para obter milagres,bençãos que elas querem,e acabam esquecendo o que deveria ser o verdadeiro motivo para elas estarem ali:Jesus.

Beijo

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

É o que infelizmente vem ocorrendo, James.
Os cultos viraram eventos onde as pessoas vão apenas para se socializar, orações se tornaram comercializáveis... Pagam-se centenas de reais para ter a presença de alguém famoso no meio artístico e esquecem que com apenas um coração quebrantado pode-se ter a presença do maior e mais importante... que no caso é o verdadeiro dono da festa: Deus.

O pior de tudo isso, é que a tendência é apenas piorar... Isso já está escrito. O que não podemos fazer é nos entregar a tudo isso.

Ótimo ponto de vista, James! Meus parabéns por sua visão!

Caroline Araújo disse...

Fiquei positivamente surpresa com o seu texto.
Poucas pessoas se dão conta de que sim, é mais importante buscar primeiro o reino de Deus, por amor, pela fé. E tudo que recebermos dele será também por amor. Pelo amor infinito que Ele tem por nós.
Deus não é só um curandeiro, por mais que nos cure, não é só um milagreiro, por mais que opere milagres... Se torna muito ruim quando se passa a buscar outras 'coisas' que Deus pode oferecer e não o seu amor.
AH, MINHA PRIMEIRA VEZ AQUI! Gostei muito daqui.
Beijos!