19/04/2010

LIBERDADE!

Foto: G1

Todo adolescente sonha em completar 18 anos. Fumar, beber e se rebelar estavam também nos meus planos. Sair desse casulo chamado proteção dos pais, viver sem dar satisfações, tirar a carta de motorista, andar em alta velocidade na rua, não ter hora pra chegar em casa, ir ao show do Restart, relaxar o cabelo, andar de calça skinny e usar o óculos da moda sem que a opinião de ninguém interfira nas minhas decisões, enfim, ser livre. O tempo passou, os dezoito vieram. E a minha vida?

Não tive mais tempo para realizar os sonhos de adolescente por causa da dura vida de um universitário. Meus pais nunca tiveram a revelação de que eu não sou mais um bebê. Falta dinheiro para tirar a carta. Mudei meus conceitos, conheci a Jesus e se rebelar, beber e fumar já não estão mais nos meus planos.

Dezoito veio e nada mudou! A não ser as responsabilidades que chegaram sem me avisar de sua visita e permaneceu. Permaneceu para me tirar da fase de criança e me levar ao mundo dos adultos, o qual eu não estava preparado para enfrentar. Talvez sim. Talvez não. O que importa é que aprendi que devemos aproveitar o momento do agora, sem se preocupar em alcançar uma determinada idade ou algo do tipo. Afinal, é só uma passagem como qualquer outra. Viva aos 18! Viva a vida! Viva com moderação!


Rá, adorei essa pauta do blogueando, então resolvi escrever. O texto não é exatamente uma verdade minha QUE FIQUE BEM CLARO ISSO! Por isso eu o classifico como crônica. Vou tranformar o blog em uma coisa mais séria, por isso preciso de um template novo! Alguém sabe fazer? Alguém pode me abençoar com um? Alguém quer comemorar minha volta com um template novo? auhsuahsahsahsh
Bom gente é isso. Estou sabendo aproveitar o bom da vida e agora vou sobreviver de crônicas. OUAT e PALAVRAS MIL que me aguardem, rs! Beijos, abraços e se cuidem!

12 comentários:

Rebeca disse...

AH que saudade quando eu tinha que ler um texto seu em pauta ao blogueando, e agora mesmo sendo moderador você não abandona né?! rs
Que bom que gostou do tema, eu demorei bastante pra escolher, e achei que ninguém fosse gostar. Ufa, vc tirou um peso das minhas costas, rs.
abraços

Mone Laudelino disse...

Rs quase acreditei q eu uma verdade sua.rs

Bom Post.

Bjinhos.

A!!ªN disse...

Também quase acreditei ser verdade sua rs. Mais é isso aí adorei o texto, também porque me identifiquei faltam 60 dias para eu fazer 18 (sim estou contando), e não vejo a hora de poder voltar ao mercado de trabalho, ter meu dinheiro, ter meu nome (momento crise). Sei que continuarei o mesmo cara, mais tenho certeza que vai melhorar. Abraço

patyemo =) disse...

Eu acho que os 18 anos é apenas uma data.
A gente só se liberta,quando se torna responsável pelas consequencias dessa libertação.

bju =)

Tiêgo disse...

AHAZOU, James! É incrível como você consegue encarnar tão bem o espírito dos textos! Você bem que tá merecendo um lay novo, só faltava eu saber mexer com HTML! hahaha

Abraço ;) MAIS, QUERO MAIS!

Erica Ferro disse...

As pessoas, os jovens, para ser mais precisa, se enganam muito achando que quando estiverem com tal idade serão felizes, porque poderão ser quem eles querem ser realmente, fazer o que desejam tanto fazer. Puro engano.
É preciso vivenciar cada fase com paixão e calma. Não há porque querer adiantar as coisas.
É tudo questão de dialogar com os pais, se for o caso de fazer algumas coisas, ir a alguns lugares. O que falta nos dias atuais é justamente o diálogo entre as pessoas, não é mesmo?

Ah, naquela outra postagem eu comentei simplificadamente, não foi? rs É que às vezes eu sou assim mesmo, mesmo que seja raramente, rs.

Beijo, James.

Debbys disse...

Há, legal!!!1 Fico me divertindo com meus colegas que estão fazendo 18 por agora e tem esses sonhos de que vai ficar mais fácil sair de casa e ser independente... que mdera né!
bjusss

Ná Lima disse...

Dezoito tem esse leve rótulo de liberdade. Mas afinal o que é liberdade? Pra mim, apenas uma palavra que significa muito pra quem está preso por muito tempo...

E esse lance de responsabilidade e maturidade adquirimos com o tempo mesmo...
Suas pautas são ótimas!

Jéssica Trabuco disse...

Eu tô prestes a favor os 18 e ainda fica aquela falsa ilusão d que tudo será diferente.
COmo vc disse eh só mais um ano.. onde o que terei na verdade é MUITO MAIS RESPONSABILIDADE.
MAs eh a vida... :)



www.musicpoesiaeblablabla.blogspot.com
www.desconsertandopalavras.blogspot.com

dianaBruna disse...

Pois é, eu sumi. Trabalho e faculdade, e como ainda não tenho net onde eu to morando... Fico quase sem visitar os blogs, ate o meu, ta meio jogado às traças. =/
Mas cá estou!
De alguem que passou os dezoito: a liberdade vem com responsabilidade e independencia financeira; e com a confiança, mais do que tudo.
bjinho!

Nathy disse...

Pra mim ntbm não mudou nada. Nunca tive vontade de fazer 18. Aliás, até fiquei meio depressiva nessa época, rs.

●๋• тнαi иαรciмєитσ disse...

Tenho dezessete anos, e nunca tive pressa pra completar dezoito. Tem a ver com isso que você disse de viver cada experiência da vida. Aprendi muito com as minhas burradas - e alguns acertos - de adolescente e de criança.
:)