01/09/2011

Extinto animal


Você passa por mim e, involuntariamente, meu olhar te acompanha. Já tentei discipliná-lo, mas algo em você sempre me chama atenção. Talvez seja teu cheiro. Talvez seja teu sorriso, ou quem sabe a tua voz. Talvez seja mesmo tudo em você!
Meu coração pára por alguns instantes, o ar se recusa a ficar em meus pulmões e, em questões de segundos, tudo em mim se rebela: meu coração acelera de um jeito frenético e a respiração se torna ofegante. Minhas mãos tremem, meu corpo transpira. Meus extintos não resistem a você. Ainda bem que isso jamais passará pela sua cabeça.

7 comentários:

Yasmin F. disse...

Que triste, que falta de esperança, pq a pessoa não vai sentir isso por vc?

Debbys disse...

E essa sensação é muito boa, quando a pessoa retribui, melhor ainda! =]
bjss

Infernos Quebrados disse...

kkkk , realista!

Carolina Hermanas disse...

Ounwtiii,adoro isso.Esse primeiro 'contato' de sensações com a alma do outro.Você sente todas essas coisas maravilhosas,então o olha, e ele retribui e o sentimento é completamente recíproco :)
Isso é liindo!!!!!!!!!!!

Bruna Bianconi disse...

O pior é quando isso passa pela cabeça do outro, e ele não corresponde mais :(
Triste, mas bonitas suas palavras.

Luísa Zanni disse...

Como sabiamente disse, Caio F. Abreu, "Vamos fazer assim: você não existe, e eu não te desejo".

Platonismo é um prazer meio masoquista, mas que é bom ficar pensando em alguém mesmo que esse alguém não ligue muito pra gente... Ah, é bom *-*

Tãã disse...

Oie, estou sorteando uma almofadinha da Imaginarium

Se curtir, participa?^^

*desconsidere se já mandei esta mensagem hihi

beijos

www.cerejarocks.com


http://www.cerejarocks.com/search/label/Sorteio?&max-results=7