30/07/2011

Agora todo mundo resolveu me colocar correntes!


Até o vento quer me dizer que direção seguir. Sinto as minhas asas baterem freneticamente ansiando voo, mas as correntes que os pais me puseram desde a infância impedem com elas batam. O tempo passa, as asas aumentam de tamanho, as correntes enferrujam – mesmo assim, elas ainda são capazes de me prender. As demais pessoas criticam, opinam, julgam - colocando ainda mais correntes. Quando me dou conta, eu já não sou quem queria ser. Sou na verdade um pouco do que cada um - que não sou eu - quer que eu seja. Um jogo de eles, nós e eus que no fim só existe um perdedor, eu mesmo. Aí depois ainda dizem que não sei viver a minha vida. Amy Winehouse me entende!

8 comentários:

Luísa Zanni disse...

Tirando a parte "Amy Winehouse me entende!", parece que esse texto foi tirado da minha cabeça, do meu diário, das minhas angústias.
Sem brincadeira, me identifiquei muito. Às vésperas do meu aniversário de 18 anos eu me sinto exatamente assim: ganhando asas e correntes num só pacote.
Fuxiquei cada página do blog e adorei tudo, principalmente a ideia do micro conto. Vou começar a esquentar a cabeça pra pensar nos meus. Beso :)

@philipsouza disse...

Puts, vc escreve mesmo, tmb concordo com o texto, as vezes sentimos presos, ainda mais no que tudo fazemos vira rotina.... Presos em correntes.

abraços

Rick Monteiro" disse...

Tão lindo seu blog"
vOu seguir...
Tiver um tempo, retribui?
http://nostudinhos.blogspot.com/

Yasmin F. disse...

è uma geração grande de acorrentados! Vc não é um perdedor por isso, a vida segue um curso, eu vivo pela corrente dos meus pais, mas vivo naquelas que acho que são coerentes e corretas, a gente tem que saber ponderar! =X

Luciana Brito disse...

É muita corrente pra pouco corpo, a verdade é essa. Acho que, assim como a Amy te entende, eu também entendo. xD

Vi teu comentário lá no blog! Então, sobre o template, eu peguei um e modifiquei praticamente todo. Troquei as cores, bg, menu... enfim. Vou tentar pensar em algo, mas não prometo.

=)

Andressa P. Cruz disse...

Está se drogando também ? :S
hsauhsuahsa
Brink's
Faz tempo que não pulo aqui, vejo que muitas mudanças ocorreram desde aquelees tempos.
Beijos

Jéssica Trabuco disse...

Entenda uma coisa, ninguém tem o direito de interferir na vida de ninguém, de escolher os caminhos de ninguém... porque no fim, meu caro, você irá morrer sozinho. Faça sua vida valer à pena e mande o resto para o espaço.

Keh*** disse...

Eu gosto do jeito que escreve, um tanto dark, mas eu gosto!
Obrigada pelo coments!]
Bjos***