16/06/2011

Promoção do dia


O relógio marcava 7h e fazia muito frio. Eu usava uma calça jeans, sapatos de lã e um sobretudo preto – o meu preferido – para me manter aquecido. Atravessei a rua que ficava em frente ao centro comercial da cidade e avistei um cartaz que de longe me chamou atenção. Nele estava escrito:

PROMOÇÃO DO DIA: compareça na loja Call Center, localizada na 
Rua Histon, nº 1266, usando SOMENTE peças íntimas e ganhe 
duas peças de roupas inteiramente grátis. 
Mas corra, é somente para os 100 primeiros que chegarem.

Onde eu estava ficava a apenas três quarteirões da loja, então com certeza iria dar tempo se eu saísse correndo naquele instante. Foi o que eu fiz.

O anuncio dizia que deveria estar vestido somente de peça íntima. Não me importei, tirei cada peça enquanto corria feito carro de F1. Primeiro o sobretudo – o deixei no poste na esquina. Tirei rapidamente os sapatos de lá e os entreguei a um mendigo parado no sinal.

Minha mente estava fixada somente na promoção. Tirei a calça e larguei ali em um cesto de lixo.
A adrenalina estava alta e meu coração batia freneticamente. As roupas daquela loja eram as mais caras da cidade e uma oportunidade dessas não iria ter de novo. Mas quando dobrei a esquina da rua que ficava a  loja, pensei não estar em Nova York.

Pessoas de todas as cores, tamanhos e idades já estavam ali, concentradas, em um empurra-empurra infernal. Centenas de homens de cueca e mulheres de calcinha e sutiã. Já era 7h: 10 e a loja já estava aberta. Perdi a promoção. Ingenuidade minha pensar que poderia conseguir essa promoção. Hunf!

E agora, onde estão as minhas roupas?

PS: Essa história é real. Saiba mais aqui!

3 comentários:

Lucas Reis disse...

Gente! Eu não acredito nisso. kkkk'

Que coisa maluca, que gente maluca, que... nem sei o que dizer.

Tô de boca aberta. kkkkk'

Allan Penteado disse...

fiquei imaginando como seria um sapato de lã! Mas sei que o povo é capaz de tudo, uma vez no shopping onde eu trabalho houve um incêndio em um gerador do mercado que ali existe, mas até então ninguém sabia se era no shopping ou no mercado, só se via muita fumaça e você acredita que tinha gente desesperada querendo provar roupa?! ainda pior: tinha gente querendo pagar fatura do cartão da loja rsrsrs nunca me esquecerei disso

cássia vicentin disse...

Nossa PKSDPKSDKOOK mostrei até pro meu irmão xP