12/04/2011

Crônicas de um depressivo


Sentir sentimentos parece cafona aos olhos da língua portuguesa, mas sentir sentimentos é um dom. São poucos os que sabem sustentar um amor, ser fiel em suas amizades, alimentar uma alegria que não seja momentânea. O que há de mais difícil nisso tudo é sentir com verdade os sentimentos que partem de você. Até que ponto o amor é concreto? Na verdade, até onde os sentimentos são reais? São eles os alicerces da realidade? O que diferencia sentir de sentido?

O único sentimento que sinto agora é o engano. Fui enganado por mim mesmo de que era feliz, que os problemas não existem, e que tudo é passageiro. Os erros vem, as consequências ficam. Ação vs Reação. Morte vs vida. Sentimento vs Ilusão. Nesse embate vive nossa mente e as conclusões refletem em nossos corações.

- Um cigarro, por favor? Eu quero parar de sentir. Obrigado!


Acima, lê-se cigarro como "eu procuro o caminho mais fácil". O garoto ali de cima, descritos nessas linhas sou eu. Não que esteja em depressão, mas estou em um momento profundo de reflexão. Aqui vai bombar de pensamentos nos próximos posts, quando estou assim surgem textos e mais textos na minha mente; esse eu acabei de escrever.
Obrigado pelo carinho de todos. Vou responde-los com atenção. Até mais!!!!

5 comentários:

Geladeira disse...

Encontro-me neste momento tambe,. talvez até posso estar me enganando, em achar que sou feliz, ainda não sei, tambem estou refletindo...
Ainda não sei como saber a verdade, nem sei se existe essa verdade, mas quero não sofrer mais, e espero logo encontrar um caminho melhor.

Bjs

Jéssica Trabuco disse...

É verdade que sempre há um momento em que tudo parece não fazer tanto sentido, e que já não sabemos mais nem o que sentimos.
Mas essa confusão toda também passa. É bom para refletirmos sobre nós mesmos e se estamos no caminho que gostaríamos.

Fernand's disse...

e perder o melhor da festa?
sentir é inevitável.

Tiêgo R. Alencar disse...

Uma pessoa, aos meus olhos, só é humana quando ela é capaz de sentir sentimentos, como você mesmo descreveu. Considero uma pessoa por ela ser capaz de amar. Isso nos torna pessoas muito melhores, mesmo parecendo que todos somos capazes de sentir. Até poderia ser assim, mas infelizmente sabemos que as coisas não são desse jeito :/

Poxa, James, fica depressivo não! Te quero mais JAMES nos seus textos, esse aí que escreveu essa depressividade toda não é você! Volta logo, tava morrendo de saudades dos seus posts incríveis!

Ah, em fui pra Belém passear e resolver umas paradas do trabalho. hahahaha

Abraço! :)

Allan Penteado disse...

ando bem assim, se é depressão não sei mas sinto que ando bem isolado em meu próprio caos, mergulhados em pensamentos, dúvidas, conselhos, e tudo mais! porém hoje eu tive uma melhora repreendi coisas ruins que passavam por minha mente. Sei que a dor que sinto por um alguém vai passar!