13/01/2010

Quem tudo quer nada tem!




Liberdade, Igualdade e Fraternidade era o lema da Revolução Francesa. Porque era justamente o que faltava para o povo! Liberdade, pois na monarquia não existia ela. Aliás, em sistema nenhum ela existe de fato! Igualdade, pois para os ricos havia tudo e para os pobres nada! Fraternidade, união para se atingir objetivos que beneficiassem a todos!

Os motivos centrais que geraram a Revolução Francesa, agora em âmbito mundial persistem até os dias de hoje, entretanto, com um lema distinto: Individualismo, Dinheiro e Consumismo. A Revolução Industrial no século XIX e a ascensão do capitalismo como sistema de produção, acarretou diversas subdivisões e mudanças no mundo, substituindo o ritmo pacato de uma vida no campo, para um ritmo frenético de um shopping.

Deixando um pouco o inicio de lado e analisando a situação de hoje, o consumismo tornou-se, após a religião, o motivo de guerras e punição. Guerras contra aqueles que possuem algo impossível de obter-se por outra forma e punição por ser motivo de chacota por não “estar na moda” exclusivamente entre os jovens. As vitrines do shopping trazem variedades de tipos, modelos, recortes e cores de roupas diferentes, objetos de uso pessoal, doméstico, escolar... Os olhares das pessoas estão se desviando da necessidade de obter-se algo, para a futilidade de simplesmente possuí-lo.

A mídia provoca um consumo desnecessário, a partir do momento em que incute nas pessoas uma falsa idéia de que é preciso possuir tudo que é noticiado. Porém, a consciência de cada deve falar mais alto. O que reflete inclusive nos aspectos sociais, como nos relacionamentos e idéias, o individualismo persiste, o egoísmo prevalece, os jovens se desmoralizam dançando conforme essa música . Só não devemos esquecer o que a vovó dizia: quem tudo quer nada tem!

Tou meio sumido daqui, pq minha net ta uma merda. Deps eu respondo os comentarios

14 comentários:

Vitória Silva disse...

Ótimo ponto de vista. Adorei.
James, por acaso, você gostaria de participar de um blog coletivo??
Caso você queira participar, manda um e-mail, ou um tweet? vcsilva808@hotmail.com
Mesmo assim, obrigada e ótimo texto!

Jana Barreto disse...

achei legal a âncora que você fez entre revolução francesa e o capitalismo atual :) sem dúvida interessante. :)
Beijos!

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

O $$$$$$ sempre foi o moinho do mundo.
Mas são pessoas q fazem o moinho girar.
E eu ainda tenho fé na humanidade.
Feliz ou infelizmente.

Beijo, James!

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Menino hehehe, eu também não acredito!
Minha fé é outra!
Mas escrevo de tudo um pouco, para exercitar a mente.

Beijo!

(fico feliz q gostes, embora fique totalmente embaraçada e sem graça quando recebo elogio #timidez)

Debbys disse...

adorei o posr viu?? com certeza vc falou td... hj em dia as pessoas não compram mais pela necessidade, mas sim pela simples vontade de ocupar mais espaço...
bjsss

TeXucoO disse...

Sim!
Sou consumo compulsivamente coisas que não vou usar. Compro porque vi e achei bonito.
Deus do céu onde é que eu vou parar? ;~
Beijos

TeXucoO disse...

Manoo, tem selo lá no "Aos 17" pra tii.
Passa lá
;*

Se7e/5 disse...

Os comentários que aí embaixo, foram postados no se7emeio.blogspot.com, por um portuga vigarista e o 2º comentário pela amiga brasuca que, segundo rezam as crónicas, faz sessão de streap no msn para esse portuga. As restantes batem palmas e dão saltinhos de felicidade.

“Há uma tristeza muito grande nos corações dos lusitanos: essa fração tão insignificante e imbecil que insiste em se achar inteligente! Mas só se acha, meu povo! Ele não é! Gostaria, mas falta-lhe cacife, culhões, esperteza e humanidade! Coitado! Dá uma pena!!! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk”

“7 e meio!
Adoro o seu blog. Você é corajoso, inteligente, escreve bem, tem carisma. Vou te seguir e virei sempre ler as tuas postagens inteligentes e dinâmicas!
O quê? Você acreditou??? uhuauhuauhuauhuauhuauhuauhuauhuauhua Que burro! Tô te tirando pra bobo, sete quintos e não sete e meio. Faltou às aulas de matemática também, além de todas as outras. kkkkkkkrsrsrsrskkkkkrsrsrskkkkkrsrs
Fala sério!”

Assim, se chega a conclusões fodidas, sobre máscaras e capas de verniz que estalam.
Assim, se7e/5 lamenta que o exclusivo de malcriação lhe esteja sendo usurpado sem autorização prévia. Impropério, afinal não é só de exclusiva responsabilidade do se7e/5, o que muito entristece minha pessoa. Sinto muita tristeza em meu coração e estou seriamente pensando em encerrar meu blogue de referência malcriada e grosseira. Quero que saibam que prezo muito a minha humilde ignorância. Se preciso for, farei uma petição pela blogosfera, para que o http://se7emeio.blogspot.com, encerre para sempre. Os meus fodidos agradecimentos à populaça blogosférica e, muito especialmente, a esse Portuga amigo que tanto gosta de foder a luas e sóis por aí. E grato também pela contribuição de verbos, setes e outros poetas. Estou chorando de dor e meu coração está desfeito.

Ajudem este pobre se7e/5! Poderão fazê-lo enviando lencinho de papel para o seu blog.

Muito obrigada!

Yasmin F. disse...

É realmente nunca teremos uma igualdade que é o principio para a liberdade!

=*

Mayla disse...

Adorei seu post.realmente hoje as pessoas compram porque acharam bonito e não por precisarem.
bjos
mah

Tânia disse...

Noossa.. pareceu meu prof. de História falando. rs
É , realmente isso que acontece.. e se as coisas continuarem nesse ritmo, a igualdade, liberdade e fraternidade serão sempre, apenas utopia..

beijos.

Jana Barreto disse...

Oiew!
Eu é que agredeço por me acompanhar sempre de pertinho e com carinho :)
Faculdade de letras... sei não, pouquissimo provável, mas quero fazer Biblioteconomia, acho que tem mais a ver com minha persoanlidade. :)

Gêsa disse...

Os ideais da revolução Francesa surgiram numa fase de caos social, inspirados pelo ideais iluministas homens e mulheres marcharam em rumo a igualdade social. Hoje em dia as pessoas querem exatamente o contrário, elas querem ser desiguais, a diferença no modo de consumir, é o que nos diferencia socialmente.

GueGue disse...

heeyy! tu mudou o endereço do blog e não perdeu os seguidores!! como fez isso?

beijos